• Edith Ornellas

Empreendedorismo – Parte 31


Ao contrário do que muita gente pensa, que somente o pessoal da área de negócios pode entender de empreendedorismo, todas as profissões deveriam entender de, pelo menos, alguns aspectos do perfil empreendedor. Afinal, todas as profissões devem ser criativas, inovadoras, bem como, se venderem com a melhor qualidade possível no mercado em que atuam.


O saber do empreendedorismo pode ser customizado para todas as profissões, ou seja, a partir da sua matriz de conteúdo, pode-se pincelar assuntos inerentes ao mundo da Medicina, da Arquitetura, da Geologia, da Pedagogia, da Odontologia, das Engenharias, e assim por diante.


O ser empreendedor é ser construtor do próprio negócio, mesmo que você não precise fazer com as suas próprias mãos. É o saber planejar, ao menos ter noção de executar, para saber delegar e controlar. Afinal, uma Veterinária, por exemplo, precisa saber como o seu negócio irá funcionar, sob pena de naufragar nas mãos de pessoas que ela achava que saberiam tocar o negócio.


Essa visão interdisciplinar, que muitos profissionais da área da docência superior vêm tentando aplicar em muitas instituições de ensino, mas ainda enfrentam resistências recorrentes, é que pode fazer com que o profissional desenvolva uma percepção mais holística sobre a sua própria atuação no mercado, sem desviá-lo da profissão, como muita gente pensa.


As circunstâncias da vida cobram o preço pela restrição dos nossos conhecimentos. Ser, ao menos, um pouco mais aberto no nosso aprendizado, pode nos oferecer um maior leque de possibilidades nas nossas profissões.

Para exemplificar, citamos o Canal Rural de 22/05/2021:


Série mostra agrônomo na energia eólica e empreendedorismo na Bahia e Sergipe

Programa traz ainda atuação desses profissionais no setor financeiro com a avaliação do crédito rural e incentivo a geração de empregos

(...)

Banhada pelas águas da baía de Todos os Santos, a capital baiana, Salvador, símbolo de fé e espiritualidade, está no nono episódio da série Agronomia Sustentável, veiculado neste sábado, 22. O programa mostra o papel do agrônomo no licenciamento ambiental para a instalação de parques eólicos e as ações desenvolvidas pelo Crea-BA voltadas para o empreendedorismo. O projeto Agronomia Sustentável é uma parceria do Canal Rural com o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), os Conselhos Regionais (Creas) e a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

(...)

Dentro desse universo, o agrônomo tem papel de destaque. Além de fazer o levantamento das restrições ambientais do local, o profissional realiza um estudo ambiental exigido pela legislação.

(...)

Já Breno Wrasse escolheu o setor financeiro para seguir a profissão de agrônomo. Ele atua como fiscal na aplicação do crédito rural e como analista técnico de projetos agrícolas.

“O cliente chega com um projeto específico, como plantio de laranja, formação de pasto, financiamento de gado. A gente pega esse projeto, faz uma análise técnica e financeira. Se ele tiver uma viabilidade, a gente faz, agregado a isso, a avaliação do bem, que vai ser o lastro, para saber quanto ele pode pegar de financiamento”, afirma.

No estado da Bahia, o número de engenheiros agrônomos ativos soma 7.695. Uma das metas do Crea-BA é apoiar o empreendedorismo profissional por meio das parcerias com as instituições de ensino.

“A gente precisa gerar emprego para os profissionais da área agronômica. O desafio do conselho é dar apoio para que a gente consolide e torne a agricultura do estado ainda mais forte do que ela é”, destaca o presidente do Crea-BA, Joseval Carqueija.

Série mostra agrônomo na energia eólica e empreendedorismo na Bahia e Sergipe (canalrural.com.br)



#resultado #empreendedorismo #empreendedor #empreender #economia #sociedade #crescimento #educacao #educacaoprofissional #educacaocontinuada #empresas #negocios #técnica #conhecimento #informação

Agradecemos a sua visita!

Fale conosco! E-mail: adm@jpoadvisor.com | Whatsapp: (75) 99294-6743.

Sucesso e prosperidade!!

Equipe JPO Advisor.